O Som real do Dó

Dúvidas em Relação à Trompa, questões técnicas, de execução, construcção, interpretação, etc...

Moderadores: Gil Brasil, rmatosinhos

Responder
Levi Valero
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 4
Registado: 25 set 2013, 15:23

O Som real do Dó

Mensagem por Levi Valero » 25 set 2013, 18:16

A Paz para todos. Sou novo aqui e quero de pronto parabenizar os idealizadores do forum. Não sou da CCB, mas admiro esta igreja pela qualidade na adoração a Deus através da música. Sou da Igreja Adventista da Promessa, e em nossa denominação não temos a tradição do uso da orquestra. Na Zona Sul, em São Paulo, um irmão está começando um projeto para o ensino de instrumentos de sopro. Assim, fui incentivado a comprar uma trompa e começar a aprender, porque me identifiquei muito com o som dela. É magestoso! Nem precisa dizer da dificuldade que isto representa. Meu professor (que já dispensei) é leigo. Me ajudou em parte, mas é limitado, já que não é um trompista propriamente.
Irmãos, creio que vou utilizar muito o forum a partir de agora, mas para não abusar muito, vou fazer desta vez apenas uma pergunta (e pela pergunta vão saber o quanto estou no começo!)

- O som emitido quando se pressiona a tecla FÁ de um piano, correspondente à quarta linha da clave de fá, é o som que deve ser emitido pela trompa quando se toca um dó, ou devo baixar 1 tom em relação ao que está na partitura?

Vou explicar o motivo da pergunta: comprei um diapasão (tipo bolacha - da hering), e o professor disse que está em dó,(tem todas as notas, seus bemóis e sustenidos) assim como o piano (software). Ele me orientou que se eu encontrar um DÓ (primeira linha suplementar superior da clave de fá), devo tocá-la como um FÁ. Para eu ter referência no diapasão, devo localizar o DÓ e em seguida baixar 1 tom. Assim eu teria um SIb. Então, executando o diapasão, ou o piano em Sib, eu terei o som do FÁ a ser executado na trompa.

Obs.: Minha trompa é uma Eagle Fá/Sib.

Desde já, obrigado pela atenção.

Abraços,
Levi.

Avatar do Utilizador
Claiton-Silva
Membro Nível 2
Membro Nível 2
Mensagens: 31
Registado: 01 nov 2010, 18:15
Localização: Duque de Caxias, Rio de Janeiro - Brasil

Re: O Som real do Dó

Mensagem por Claiton-Silva » 28 set 2013, 02:32

Levi Valero Escreveu:A Paz para todos. Sou novo aqui e quero de pronto parabenizar os idealizadores do forum. Não sou da CCB, mas admiro esta igreja pela qualidade na adoração a Deus através da música. Sou da Igreja Adventista da Promessa, e em nossa denominação não temos a tradição do uso da orquestra. Na Zona Sul, em São Paulo, um irmão está começando um projeto para o ensino de instrumentos de sopro. Assim, fui incentivado a comprar uma trompa e começar a aprender, porque me identifiquei muito com o som dela. É magestoso! Nem precisa dizer da dificuldade que isto representa. Meu professor (que já dispensei) é leigo. Me ajudou em parte, mas é limitado, já que não é um trompista propriamente.
Irmãos, creio que vou utilizar muito o forum a partir de agora, mas para não abusar muito, vou fazer desta vez apenas uma pergunta (e pela pergunta vão saber o quanto estou no começo!)

- O som emitido quando se pressiona a tecla FÁ de um piano, correspondente à quarta linha da clave de fá, é o som que deve ser emitido pela trompa quando se toca um dó, ou devo baixar 1 tom em relação ao que está na partitura?

Vou explicar o motivo da pergunta: comprei um diapasão (tipo bolacha - da hering), e o professor disse que está em dó,(tem todas as notas, seus bemóis e sustenidos) assim como o piano (software). Ele me orientou que se eu encontrar um DÓ (primeira linha suplementar superior da clave de fá), devo tocá-la como um FÁ. Para eu ter referência no diapasão, devo localizar o DÓ e em seguida baixar 1 tom. Assim eu teria um SIb. Então, executando o diapasão, ou o piano em Sib, eu terei o som do FÁ a ser executado na trompa.

Obs.: Minha trompa é uma Eagle Fá/Sib.

Desde já, obrigado pela atenção.

Abraços,
Levi.
Olá, Levi!

Para você, que está iniciando na trompa, o ideal é seguir o padrão dos métodos para trompa, que ensina a fazer a digitação transposta. No método, aprendemos a utilizar a trompa dupla como se fosse somente em Fá, ficando a escala com o quarto rotor apenas para completar a extensão do instrumento.
Se você usar a clave de Dó na 2ª linha, aprenderá a usar a digitação para os sons reais. Mas nada impede de usar a transposição.
Neste fórum procure pelo tópico: Transposição Trompa Fá para partitura em Dó. É do Gil...
Deus te abençoe!
Claiton Silva
Cel.: +5521998259464
e-mail: trompistaclaiton@gmail.com

Éricles Rodrigo
Membro Nível 3
Membro Nível 3
Mensagens: 91
Registado: 01 dez 2012, 12:47

Re: O Som real do Dó

Mensagem por Éricles Rodrigo » 28 set 2013, 02:52

Amém Levi...DEUS te abençõe pela escolha de instrumento!!!
A Trompa é um instrumento transpositor, ou seja, independente da afinação da sua Trompa, seja ela em Fá, Síb ou dupla Fá\Síb transportamos para Fá...tocamos uma quinta acima do escrito!!!

Ex: Onde tiver a nota SOL tocamos a nota RÉ
LÁ .................... MÍ
SÍb .................... FÁ
DÓ .................... SOL...e assim por diante!!!

Lembrando: Lições do método não se transporta hein!!!
Compra o método " Almeida Dias " para Trompa, é simples e vai te ajudar no inicio...
Espero ter tentado te ajudar, pois virá aqui bons trompistas te dar boas dicas...eu sou apenas mais um sofredor na mão desse belo instrumento!!!
Trompa vicia viu Levi?!

Levi Valero
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 4
Registado: 25 set 2013, 15:23

Re: O Som real do Dó

Mensagem por Levi Valero » 29 set 2013, 19:28

Certo, irmãos (Clayton e Éricles). Muito obrigado pelas respostas. Eu já tenho o método do Almeida Dias e nele realmente se fala sobre o Dó corresponder ao Fá e assim por diante. Na página 5 mostra que devemos eliminar um bemol, passando de SIb para Fá (de dois para um bemol). Também encontrei essas orientações no forum. O que ocorre é o seguinte: como eu não tenho o som da nota na memória, eu tenho que depender (por enquanto) de um teclado ou um diapasão. Os teclados normalmente estão em dó assim como o meu diapasão. E aí o professor me orientou que para eu ter o som a ser tocado na trompa, eu teria que tocar um tom abaixo, seja no teclado, seja no diapasão. Na prática, se eu tenho um dó na partitura, devo tocá-lo pensando que é um fá, e a minha referência sonora será um Sib tocado no teclado ou no diapasão. Pela minha compreensão, lendo os artigos do Fórum, entendi que a minha referência sonoro para o Dó seria realmente um Fá tocado no teclado ou no diapasão, e não um Sib, sendo que "baixar um tom" seria apenas para efeito de leitura na partitura, por conta dos bemóis. Aí surge outro problema: o professor me orientou que se eu tiver uma partitura com 1 bemol (na terceira linha - Si) devo mentalmente acrescentar um bemol no quarto espaço (Mi). Assim eu mudaria o tom de Fá maior(1 bemol) para Sib maior (dois bemóis). É o contrário do que mostra na página 5 do método, lá passa-se de dois para um bemol.

Irmãos, perdoem a minha simplicidade, mas eu preciso de ajuda.

Deus os abençoe!
Levi.

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 930
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: O Som real do Dó

Mensagem por Gil Brasil » 29 set 2013, 23:53

A Paz de Deus, irmão Levi.

Bem-vindo ao fórum e ao mundo da trompa, este instrumento divino.

Comecemos simplificando a coisa:
Relação entre notas da trompa (F) e do piano (C):
TROMPA - PIANO
Dó - Fá
Ré - Sol
Mi - Lá
Fá - Sib
Sol - Dó
Lá - Ré
Si - Mi

Ele me orientou que se eu encontrar um DÓ (primeira linha suplementar superior da clave de fá), devo tocá-la como um FÁ. Para eu ter referência no diapasão, devo localizar o DÓ e em seguida baixar 1 tom. Assim eu teria um SIb. Então, executando o diapasão, ou o piano em Sib, eu terei o som do FÁ a ser executado na trompa.

Este Dó é o Dó central, ou seja, entre a clave de Fá e de Sol.
Você deve tocar este Dó (partitura) como se fosse Fá (trompa).
Se observar a relação de notas, a nota Sib no piano corresponde à Fá na trompa.
Ou você pode considerar o oposto: um Sol no piano corresponde ao Dó na trompa.

Para tocar a trompa em Fá na partitura em Dó, se for fazer o soprano ou contralto (clave de Sol): considere a clave de Fá na 3ª linha e aumente um sustenido ou diminua um bemol, conforme a tonalidade. Neste caso, você tocará a nota real da trompa, já transposta por tonalidade.
Para tocar a trompa em Fá na partitura em Dó, se for fazer o tenor ou baixo (clave de Fá na 4ª linha): considere a clave de Dó na 4ª linha e aumente um sustenido ou diminua um bemol, conforme a tonalidade.

Como eu não sei como funciona o seu diapasão, recomendarei fazer o seguinte para facilitar:
Utilize um afinador eletrônico, coloque a nota base em A:442 hz (Lá em 442 hertz), que é na prática, a tonalidade de Dó maior. A nota que aparecer é a nota transposta para Dó e não o som real da trompa, ou seja, será o som real do piano.

Faça ao seguinte digitação nas chaves (na clave de Sol, soprano e contralto), utilizando somente o lado Fá da trompa (para facilitar o entendimento):
Dó = 0 (chaves soltas)
Ré = 12 ou 2
Mi = 2
Fá = 0
Sol = 0
Lá = 0
Si = 2
Dó = 0
Ré = 1 ou 12
Mi = 2
Fá = 0

Observando o chaveamento acima, as notas reais (som real) na trompa são:
Sol, Lá, Si, Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si, Dó (Dó 5 ou duplo Dó na trompa).

O método Almeida Dias ensina como se fazer a digitação para a trompa em sua tonalidade natural, isto é, em Fá, e ainda ensina como utilizar o chaveamento mesclado de Fá e Sib. Pelo que lembro, utiliza-se a parte de Fá até Si (3ª linha da clave de Sol) e, a partir de Dó, utiliza-se a parte de Sib.
Se você for tocar transpondo por tonalidade (por leitura), é o chaveamento a ser usado, porém sempre com o som real da trompa, e não com o som real do piano ou da partitura em Dó. Se quiser ouvir o som real da partitura em Dó, tem que fazer a transposição nas chaves e aí afina com a orquestra.
São duas as opções do trompista: ou afina com o som da trompa ou com o som da orquestra.

Se você preferir simplificar o processo inicial, baixe o chaveamento que elaborei e depois com o tempo, estudando com calma, poderá compreender com mais propriedade as transposições e a questão dos sons reais e transpostos. Ao utilizar o chaveamento, é muito simples: toca-se na parte de Fá ("Trompa em Fá - Partitura em Dó) até a nota Fá, e acionando a parte de Sib, toca-se o chaveamento descrito em "Trompa em Sib - Partitura em Dó".
Baixe aqui: Chaveamento para Trompa Fá e Sib para partituras em Dó e Sib.
Gil Brasil

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 930
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: O Som real do Dó

Mensagem por Gil Brasil » 30 set 2013, 00:18

Levi Valero Escreveu:A Paz para todos. Sou novo aqui e quero de pronto parabenizar os idealizadores do forum. Não sou da CCB, mas admiro esta igreja pela qualidade na adoração a Deus através da música. Sou da Igreja Adventista da Promessa, e em nossa denominação não temos a tradição do uso da orquestra. Na Zona Sul, em São Paulo, um irmão está começando um projeto para o ensino de instrumentos de sopro. Assim, fui incentivado a comprar uma trompa e começar a aprender, porque me identifiquei muito com o som dela. É magestoso! Nem precisa dizer da dificuldade que isto representa. Meu professor (que já dispensei) é leigo. Me ajudou em parte, mas é limitado, já que não é um trompista propriamente.
Irmãos, creio que vou utilizar muito o forum a partir de agora, mas para não abusar muito, vou fazer desta vez apenas uma pergunta (e pela pergunta vão saber o quanto estou no começo!)

- O som emitido quando se pressiona a tecla FÁ de um piano, correspondente à quarta linha da clave de fá, é o som que deve ser emitido pela trompa quando se toca um dó, ou devo baixar 1 tom em relação ao que está na partitura?

Vou explicar o motivo da pergunta: comprei um diapasão (tipo bolacha - da hering), e o professor disse que está em dó,(tem todas as notas, seus bemóis e sustenidos) assim como o piano (software). Ele me orientou que se eu encontrar um DÓ (primeira linha suplementar superior da clave de fá), devo tocá-la como um FÁ. Para eu ter referência no diapasão, devo localizar o DÓ e em seguida baixar 1 tom. Assim eu teria um SIb. Então, executando o diapasão, ou o piano em Sib, eu terei o som do FÁ a ser executado na trompa.

Obs.: Minha trompa é uma Eagle Fá/Sib.

Desde já, obrigado pela atenção.

Abraços,
Levi.
Seu professor tem razão, quando diz que Sib no piano soa como Fá na trompa.
O som de Sol na trompa soa um Dó no piano, ou seja, uma 5ª perfeita abaixo.
Gil Brasil

Rodrigo Cardoso
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 22
Registado: 19 jun 2013, 19:06

Re: O Som real do Dó

Mensagem por Rodrigo Cardoso » 30 set 2013, 03:44

Poxa Gil!!! Deus abençoe, uma verdadeira aula. Aprendi muito!!!

Levi Valero
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 4
Registado: 25 set 2013, 15:23

Re: O Som real do Dó

Mensagem por Levi Valero » 01 out 2013, 13:42

Muito bom! Obrigado ao Gil pela atenção e paciência. A partir desta aula, como disse o Rodrigo, vou ter mais segurança na continuidade dos meus estudos. Que Deus continue abençoando a todos vocês e dando condições de prosseguirem neste ministério que, ao meu ver, é um dos mais árduos na carreira cristã.
Abraços a todos.
Levi

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 930
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: O Som real do Dó

Mensagem por Gil Brasil » 01 out 2013, 19:41

Amém, Levi, obrigado pelas considerações.

Espero que tenha entendido o funcionamento das transposições e dos som real das notas. Se ainda não compreendeu completamente, com o tempo irá fazer associações e entenderá a questão. Pode perguntar se ainda quer algum detalhe.

Se preferir, baixe o afinador eletrônico por este link gratuitamente: Tuner E304.

Deus abençoe nos estudos.
Gil Brasil

Levi Valero
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 4
Registado: 25 set 2013, 15:23

Re: O Som real do Dó

Mensagem por Levi Valero » 07 out 2013, 18:42

Ok Gil, deu pra entender sim. Mas como você disse, o tempo se encarregará de esclarecer todas as dúvidas com a ajuda dos irmãos. Já baixei o afinador, agora vou precisar entender bem o uso dele. Mas já percebi que vai ser bastante útil.

Muito obrigado e fique com Deus.

celsojr
Membro Nível 2
Membro Nível 2
Mensagens: 35
Registado: 25 dez 2010, 18:23
Localização: Catanduva-SP - Brasil

Re: O Som real do Dó

Mensagem por celsojr » 07 out 2013, 22:34

Caros,
Esta é a opinião de um leigo, mas embora controverso para muitos que defendem a escola tradicional, minha opinião é que aprenda na escola moderna, como ensina C.Fontana, que chamamos de som real, ou seja, lá 442 tem som de lá na trompa em fá ou sib, muda-se a digitação somente, e transponha quando ler as partituras em fá, mí, lá, sol etc.
Para você que irá ler clave de sol e clave de fá ficará mais fácil.
O chaveamento que o Gil passou é ótimo para o aprendizado, principalmente ao ler as partituras em dó.
Isso facilita encontrar a afinação correta, sem embaralhar a mente que som deve soar a trompa.
Como já dito pelos colegas, se ler uma partitura em fá e tiver um dó escrito, memorize ou releia como fá e execute a altura correta da nota, sem maiores preocupações.

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes