Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Dúvidas em Relação à Trompa, questões técnicas, de execução, construcção, interpretação, etc...

Moderadores: Gil Brasil, rmatosinhos

Responder
Ricardo Barros
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 5
Registado: 16 out 2013, 14:44

Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Mensagem por Ricardo Barros » 16 out 2013, 15:05

Saudações a todos (APDD)

Na verdade toco saxofone e oboé...
Mas peguei uma trompa agora, pois sempre achei um instrumento com um lindo som,
E, além disso, peguei para incentivar um amigo que estava aprendendo trompa mas desanimou...

Eu tenho um trompete também, por isso a embocadura não foi muita novidade,
A não ser as diferenças a serem observadas em relação a evitar o sorriso e fazer o bico de funil

Mas minhas dúvidas no momento são:
1- quando tocar sentado posso ou não apoiar a campana da trompa na perna direita?
Pois ja ouvi dizer que poderia e ouvi dizer que não poderia... Pode ou nao? Qual é melhor?

2- minha trompa é simples em fá, mas a do meu amigo é dupla,
Mas ele disse que ja ouviu dizer que para se tocar os hinos na igreja,
Não precisa alternar para a afinação Sib...
Ele disse que ouviu dizer que se pode tocar apenas usando a digitação em Fá.
É verdade? Pois eu li que passando para Sib ondeie tem que passar fica melhor para tirar os agudos?
Qual informação procede?

3- vi varias explicações sobre a mão direita, fotos, etc...
Em algumas parecia que a mão estava mais para fora,
Em outras parecia que estava bem pra dentro...
Em algumas a mão estava mais reta com as costa da mão apoiada dentro da trompa,
Em outras se tampava com a palma da mão...
Eu sei que cada trompista usa a posição com a qual se adequar melhor,
E que deve-se usar de modo a acertar a afinação,
E que tem as forma de se tapar para fazer o efeito bouché,
Mas creio que isso seria um ornamento e não para se fazer o tempo todo né?

Desculpem a quantidade de perguntas e agradeço desde já..

Fiquem com Deus

Ricardo Barros

Avatar do Utilizador
rmatosinhos
Administrador do Site
Administrador do Site
Mensagens: 1602
Registado: 23 dez 2004, 18:22
Localização: Ermesinde
Contacto:

Re: Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Mensagem por rmatosinhos » 17 out 2013, 00:09

Olá Ricardo, em primeiro lugar, parabéns por ter pegado na trompa!
"1- quando tocar sentado posso ou não apoiar a campana da trompa na perna direita?"
É um dos temas de debate a resposta é sim e não e depende um pouco do tipo de escola. A trompa na perna pode fazer com que o corpo fique todo curvado para "encaixar" na trompa. Além disso em alunos não dá bons resultados pois os alunos começam pequenos com a trompa às vezes demasiado grande para eles e mais tarde se apoiarem a trompa na perna a trompa parece demasiado pequena. Além disso, a trompa na perna pode abafar ligeiramente o som e faz com que a sua postura seja diferente em pé ou sentado. Existem também os defensores da outra hipótese, alegando que colocando a trompa na perna pode descansar e tocar de forma mais relaxada. A minha recomendação é fora da perna. Contudo se optar por tocar com a trompa na perna, peça a um luthier para modificar ligeiramente a sua trompa para que o angulo da campânula seja o ideal por forma a que colocando a trompa na perna o bocal esteja à altura ideal e não necessite de encolher ou curvar as costas.
2- minha trompa é simples em fá, mas a do meu amigo é dupla,
Mas ele disse que ja ouviu dizer que para se tocar os hinos na igreja,
Não precisa alternar para a afinação Sib...
Ele disse que ouviu dizer que se pode tocar apenas usando a digitação em Fá.
É verdade? Pois eu li que passando para Sib ondeie tem que passar fica melhor para tirar os agudos?
O ideal é usar uma trompa dupla. A parte de fá e si bemol complementam-se. A trompa fá tem um som mais rico mais ataques mais dificultados, a trompa sib tem um som mais pobre mais melhores ataques e facilidade no registo agudo...
3- vi varias explicações sobre a mão direita, fotos, etc...
Em algumas parecia que a mão estava mais para fora,
Em outras parecia que estava bem pra dentro...
Em algumas a mão estava mais reta com as costa da mão apoiada dentro da trompa,
Em outras se tampava com a palma da mão...
Eu sei que cada trompista usa a posição com a qual se adequar melhor,
E que deve-se usar de modo a acertar a afinação,
E que tem as forma de se tapar para fazer o efeito bouché,
Mas creio que isso seria um ornamento e não para se fazer o tempo todo né?
A posição da mão muda bastante consoante o país...
Recomendo que use uma posição em que possa ter um bom suporte efectando o mínimo o som e em que com um mínimo movimento possa afinar ou fazer som bouché... sei que a resposta é bastante genérica mas é mesmo assim, terá que ser você a procurar pois quem vai ditar essa posição é a sua própria mão em conjugação com o tamanho da sua campânula.
Ricardo Matosinhos
Administrador do Forum

Ricardo Barros
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 5
Registado: 16 out 2013, 14:44

Re: Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Mensagem por Ricardo Barros » 17 out 2013, 13:01

Olá Ricardo Matosinhos...
Como percebeu, somos charás (não sei se se diz assim também em Portugal para que tem o mesmo nome)

Obrigado pela rápida resposta
Foram de grande ajuda as respostas sobre apoiar ou não a trompa
E sobre encontrar a posição ideal de cada um em relação à mão direita

Gostaria apenas de confirmar se meu amigo poderia tocar sua trompa dupla apenas utilizando a parte Fá,
Ou se não tem sentido ter uma trompa dupla e usar apenas uma parte?

Comprei o seu guia de bolso da trompa,
Bastantes detalhes que ajudam...

Obrigado novamente

Ricardo barros

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 930
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Mensagem por Gil Brasil » 17 out 2013, 22:20

Amém, Ricardo Barros.

Ótima explanação do professor Matosinhos, já ficou bem informado.

Quanto às suas dúvidas restantes:

Foram de grande ajuda as respostas sobre apoiar ou não a trompa
E sobre encontrar a posição ideal de cada um em relação à mão direita


R: Eu particularmente utilizo a mão direita colocando as costas da mão por dentro da campana, deixando cerca de 75% de vão livre para a saída de ar, em que a mão serve como apoio e na posição levemente curvada, como um leve cento circunflexo (^), o que me ajuda a encontrar a afinação e o timbre que mais me agradam. Alerto que a mão deve ficar de modo que não tape ou prejudique o fluxo do som, pois já vi trompistas que praticamente fecham a saída, abafando e empobrecendo o som.
Sinceramente, sem esta posição, sinto dificuldades em achar o meu ponto de equilíbrio. Porém, você pode optar por colocar a palma da mão como suporte à trompa, deixando o espaço quase 100% livre para saída do ar.

Em algumas a mão estava mais reta com as costa da mão apoiada dentro da trompa.
R: Pode-se utilizar esta posição, porém não se recomenda colocar a mão muito dentro da campana e nem curvar a mão como uma concha fechada.


Gostaria apenas de confirmar se meu amigo poderia tocar sua trompa dupla apenas utilizando a parte Fá,
Ou se não tem sentido ter uma trompa dupla e usar apenas uma parte?


R: Eu toco na CCB e fica a critério do trompista tocar somente em Fá, apesar de que necessitarás de maior fluxo de ar, mais técnica, sobretudo porque as notas agudas se tornam um desafio maior, com mais possibilidades de erros (já que os harmônicos ficam muito próximos na região aguda em Fá) e não raro com timbre alterado, devido à dificuldade nessas regiões, de maneira que muitos trompistas 'apertam' as notas, que saem truncadas ou muito baixas. A parte de Sib facilita essas situações e também é uma forma de descansar a embocadura enquanto toca, porque somente em Fá exige bem mais do trompista.

Entretanto, a trompa dupla existe exatamente para ser utilizada e para fornecer alternativas ao trompista, sobretudo para facillitar o registro agudo.

Porém, ressalte-se que é opção do trompista tocar exclusivamente em Fá, ou somente em Sib, ou mesclado em Fá/Sib ou Sib/Fá, tanto faz, seja para fazer o contralto, ou tenor, ou até mesmo o soprano. Na CCB, a voz mais adequada é o contralto, mas os que têm dificuldades na região aguda, podem optar normalmente pelo tenor (trompa grave). Não é recomendado o soprano, mas pode-se praticá-lo em particular ou quando o encarregado/maestro pedir.

Quanto à mescla de Fá e Sib, geralmente, utiliza-se a parte de Fá até a nota Fá3 (no hinário em Dó, que equivale ao Dó4 na trompa) e, partir de Fá#, aciona-se a parte de Sib. Mas isso não é uma obrigatoriedade, e sim uma alternativa, pois em passagens rápidas, é preferível utilizar apenas uma afinação para evitar confusões na digitação das chaves.
Gil Brasil

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 930
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Mensagem por Gil Brasil » 17 out 2013, 22:48

Ricardo Barros, leia esses posts sobre o assunto, vão ajudá-lo:

Qual a forma correta de usar a mão direita?
Posição Correta da mão direita na campana!!!!

A posição que mais se identifica com a minha é Corrado Maria Saglietti, embora eu tente colocar o pulso mais para fora visando deixar o ar passar com mais espaço, sendo que a palma da mão fica mais colada à parte de cima da campana, bem como observe que a maior porção da mão fica para fora. Ele apoia a campana na perna direita, algo que não faço.

Depois, vêm as posições de Jean-Pierre Dassonville, Andrew Joy, Danilo Stagni, Tim Thorpe, André Cazalet e Ondřej Vrabec.

No 2º post, brilhantemente o professor Ricardo Matosinhos questiona e pondera com propriedade:
"Bem mas, perante tantas diferenças onde é que deve estar a mão?
Recomendo que retire a mão da campânula e toque livremente, de seguida coloque a mão por forma que retire o mínimo de projecção sonora, possibilite o suporte do instrumento de forma confortável e permita facilmente modificações de afinação e de timbre."
Gil Brasil

Avatar do Utilizador
rmatosinhos
Administrador do Site
Administrador do Site
Mensagens: 1602
Registado: 23 dez 2004, 18:22
Localização: Ermesinde
Contacto:

Re: Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Mensagem por rmatosinhos » 18 out 2013, 05:50

Gostaria apenas de confirmar se meu amigo poderia tocar sua trompa dupla apenas utilizando a parte Fá,
Ou se não tem sentido ter uma trompa dupla e usar apenas uma parte?
Para além das diferenças enumeradas entre a trompa fá e Sib há ainda a questão da tessitura...
Na trompa fá pode tocar até à nota Fá#1 abaixo disso só volta a ter notas no Dó1, as notas que faltam existem na trompa si bemol. No caso da trompa si bemol, o buraco na tessitura é entre o Sib1 e o Fá #1.
Claro que estamos a falar no registo grave da trompa onde um principiante não chegará de imediato. Habitualmente com os meus aluno, trabalho apenas um dos lados da trompa (geralmente fá primeiro) durante 2 anos. Depois disso, algum tempo só em Si bemol e quando as posições de si bemol estiverem memorizadas aí sim se começam a juntar as duas.
Ricardo Matosinhos
Administrador do Forum

Ricardo Barros
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 5
Registado: 16 out 2013, 14:44

Re: Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Mensagem por Ricardo Barros » 18 out 2013, 12:53

Saudações a todos (APDD)

Deus o abençoe Gil pelas respostas e dicas
Achei que não iria ter uma resposta sua,
Pois tinha visto no fórum você dizendo que estava bem ocupado ultimamente...
Mas ajudou muito respondendo...

O Matosinhos disse que para os alunos dele,
Ele ensina dois anos somente na parte de fá e depois a parte de si,
Somente depois junta as duas...

Para o meu amigo que está aprendendo para tocar na CCB,
O que você sugere?
Ja começa a aprender fá e si junto?
Ou uma de cada vez?
Ou fica somente na fa?
Entendi que poderia se ficar somente na fa,
Mas que assim se perde a qualidade nos agudos e fica mais dificil...

Quando vier para SP venha cgg conosco,
JD Ester Yolanda seg, qui e dom a noite
Ensaios quarto domingo

Fique com Deus

Ricardo Barros

Ricardo Barros
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 5
Registado: 16 out 2013, 14:44

Re: Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Mensagem por Ricardo Barros » 18 out 2013, 13:03

Olá Matosinhos

Obrigado por mais uma ótima resposta
Sempre de muita ajuda...

Consegui resolver todas minhas dúvidas até agora
Até a próxima dúvida

Ricardo Barros

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 930
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Mensagem por Gil Brasil » 23 out 2013, 18:29

Ricardo Barros Escreveu:Saudações a todos (APDD)

Deus o abençoe Gil pelas respostas e dicas
Achei que não iria ter uma resposta sua,
Pois tinha visto no fórum você dizendo que estava bem ocupado ultimamente...
Mas ajudou muito respondendo...

O Matosinhos disse que para os alunos dele,
Ele ensina dois anos somente na parte de fá e depois a parte de si,
Somente depois junta as duas...

Para o meu amigo que está aprendendo para tocar na CCB,
O que você sugere?
Ja começa a aprender fá e si junto?
Ou uma de cada vez?
Ou fica somente na fa?
Entendi que poderia se ficar somente na fa,
Mas que assim se perde a qualidade nos agudos e fica mais dificil...

Quando vier para SP venha cgg conosco,
JD Ester Yolanda seg, qui e dom a noite
Ensaios quarto domingo

Fique com Deus

Ricardo Barros
Amém, Ricardo.

Pois é, mas sempre damos um jeito de participar aqui.
Quanto às suas questões restantes:

O Matosinhos disse que para os alunos dele. Ele ensina dois anos somente na parte de fá e depois a parte de si, somente depois junta as duas...
R: Sim, é isso mesmo, para facilitar o aprendizado e não confundir a cabeça.

Para o meu amigo que está aprendendo para tocar na CCB, O que você sugere? Ja começa a aprender fá e si junto? Ou uma de cada vez? Ou fica somente na fa? Entendi que poderia se ficar somente na fa, Mas que assim se perde a qualidade nos agudos e fica mais dificil...

R: Quanto ao seu amigo, sugiro aprender primeiro em Fá e, depois que estiver totalmente consolidado, aprende a parte de Sib.
Caso a trompa dele dupla, não faz muito sentido tocar somente em Fá, exatamente porque é mais difícil tocar a região aguda em Fá. Quanto a perder qualidade nos agudos, é claro que devemos considerar que existem gênios, e que podem tocar perfeitamente os agudos.
O que dizemos aqui é que a trompa em Sib foi inventada devido a essa demanda que existia entre os trompistas do século XVIII e XIX. Havia essa dificuldade e então inventou-se a parte de Sib, e mais recentemente, a parte em Fá-agudo (uma oitava acima de Fá) e também em Mib-agudo, tudo para facilitar a execução de composições que exigem muito da região aguda.
Imagine um trompista que tenha que tocar algumas composições barrocas ou solos de Leopold Mozart, Tchaikovsky, Tellemann, entre outros, somente com uma trompa Fá, ele iria correr sérios riscos de errar feio. Por isso, muitos trompistas utilizam trompas triplas para isso, a exemplo de Nagy Niklos e Phill Myers, entre outros.
No caso das composições da Congregação Cristã, o contralto tem média-alta exigência, mas ainda assim é possível utilizar somente a trompa Fá, porém é cansativo e tende a empobrecer a qualidade do som e aumentar as chances de erros. Quanto ao soprano, a situção fica pior.

Se algum dia Deus nos preparar oportunidades, congregaremos e tocaremos convosco. Da mesma forma, fica o nosso convite para vir a Frutal - MG, na Central, aos sábados preferencialmente.

Deus abençoe.
Gil Brasil

Ricardo Barros
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 5
Registado: 16 out 2013, 14:44

Re: Trompa dupla, mão direita e tocar sentado

Mensagem por Ricardo Barros » 29 out 2013, 00:38

Amem Gil...

Deus o abençoe por tudo e pelo convite

surgindo mais dúvidas entrarei em contato aqui

Fique com Deus

Ricardo Barros

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante