Aparelho Dentário vs Trompa

Secção dedicada ao debate àcerca de vários problemas de Saude que atacam os trompistas. Herpes e outro tipo de bolhas irritantes, problemas dentários, respiratórios, ortopédicos, ou mesmo psicológicos, etc...

Moderadores: Gil Brasil, rmatosinhos

Avatar do Utilizador
rmatosinhos
Administrador do Site
Administrador do Site
Mensagens: 1595
Registado: 23 dez 2004, 18:22
Localização: Ermesinde
Contacto:

Aparelho Dentário vs Trompa

Mensagem por rmatosinhos » 09 jan 2005, 16:12

Já muitos trompistas foram confrontados com este dilema, alguns prosseguiram, outros não.

No meu caso vi-me confrontado coma ideia de usar aparelho com 17 anos. Encontrava-me já no Ensino Superior e a ideia de usar aparelho dentário surgiu de alguns problemas nos meus dentes...

Contactei diversos dentistas, e todos me falavam em 2 anos no mínimo, indicando que não poderiam garantir ao certo que conseguisse tocar trompa depois...

Foram momentos difíceis: Ja quase nem conseguia dar uma nota, não tinha motivação nenhuma para estudar, tudo porque já estava no ensino superior, e usar aparelho significava deitar tudo a perder... ou não...

Falaram-me de opções alternativas, constituidas por protecções de platina... Consultei um ortodentista, que me disse que poderia ficar 3 vezes mais caro do que um aparelho, e poderia não resolver absolutamente nada...

Depois de muito tempo pensei: A minha configuração dentária dificulta alguns aspectos da execução da trompa, mas de certo facilita outros...

Finalmente decidi por de parte a ideia, e prosseguir os meus estudos, sem me preocupar mais com isso. Esqueci a ideia de usar aparelho e foi o melhor que fiz!

A minha recomendação é: se dicidirem usar aparelho e tocar trompa ao mesmo tempo, façam-no o mais cedo possível, não esperem!

Há porém várias pessoas que usaram aparelho e superaram as dificuldades. Gostaria se possível, que partilhassem neste fórum as suas histórias, se adaptaram o seu estudo, se usaram alguma pretecção, qual o impacto psicológico, qual o resultado final, etc...

Para mais informação recomendo que visitem o link abaixo, referente ao livro "Orthodontics And Wind Instrument Performance" editado em 1973 pela Music Educators National Conference

http://ia200031.eu.archive.org/hdb1/tex ... rformance/
(ver - OrthodonticsAndWindInstrumentPerformance.tif)

Ex: alguns excertos:

Imagem

Imagem

Imagem
Última edição por rmatosinhos em 10 jan 2005, 11:48, editado 1 vez no total.
Ricardo Matosinhos
Administrador do Forum

Avatar do Utilizador
Cláudio Moreira
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 9
Registado: 10 jan 2005, 11:15
Localização: Sobreira-Paredes/Porto
Contacto:

Mensagem por Cláudio Moreira » 10 jan 2005, 11:24

Com este artigo que enviei para o site, pretendo informar e alertar todos os trompistas com problemas nos dentes e que estão em dúvida em relação ao uso de aparelho.
Tinha 14 anos quando soube que poderia usar aparelho, e fiquei um pouco abatido psicologicamente, só em pensar que poderia não conseguir tocar Trompa. Alguém que usa aparelho tem de ficar dois anos, pelo menos, com o aparelho nos dentes. Daí veio o meu grande medo, que era não conseguir entrar no Ensino Superior de Música. Dois anos são essenciais para o estudo de um músico, e se esses dois anos de estudo não são rentáveis, significa que o músico ou estudou pouco ou teve algum problema físico, como é o caso de usar aparelho.
A partir do momento em que o dentista me colocou o aparelho, fiquei muito angustiado, a pensar se conseguiria tocar ou não. Quando cheguei a casa, a primeira coisa que fiz foi pegar na Trompa e tocar. Fiquei bastante desiludido, pois não conseguia tocar aquilo que me interessava. Era como começar tudo de novo, desde aprender a atacar as notas até conseguir chegar ás notas mais agudas, pois as mais graves não eram difíceis de tocar. Penso que isto se deve á pressão exercida com bocal nos lábios, pois ainda hoje em dia (só com uma parte do aparelho) faço alguma pressão nas notas mais agudas. Não conseguia pensar noutra coisa, sem ser o problema. Tentava adormecer e não conseguia, só a pensar como iria resolver esse problema. Na academia, recebi a notícia, vinda do meu professor, que teria de deixar a Orquestra da Academia, a Banda que frequentava (Banda Musical de Lagares) e o quinteto de metais (Star Brass). Isto devia-se á pressão do bocal nos lábios. Com essa pressão, poderia magoar os lábios por dentro e também afectar os músculos, o que era mau, porque poderia ter que ficar parado por algum tempo, com os músculos bastante cansados. Enquanto estudava, tinha de fazer força nos músculos labiais e faciais para ficar com os músculos fortes, para poder assim tocar sem preocupações de algum problema que pudesse ocorrer. Porém havia ainda o problema de não conseguir tocar Trompa como queria.
Acho que nunca passei tanto tempo a tocar trompa diariamente, porque queria tocar como antes rapidamente, porém a meio do estudo quase que desistia, mas pensava no assunto e continuava a estudar. Este foi o tempo mais longo de toda a minha vida, que pareceu durar 2 anos, e apenas tinha passado uma semana e alguns dias.
Certo dia tive uma conversa com os meus pais e eles dispuseram-se a que eu tirasse o aparelho. Fiquei bastante contente, mas por outro lado sentia-me um pouco culpado pelas condições económicas da compra de um aparelho. Quando fui ao dentista, ele propôs a ideia de tirar quatro “brackets” dos dentes da frente e coloca-los por dentro. A união dos “brackets” que tinha de lado era feita por um arame que passava por cima dos dentes. Desta maneira poderia encostar o bocal aos lábios sem preocupações. Cheguei a casa e, logo sem aquecer, comecei a dar notas agudas, e não com muita dificuldade.
Acho que o uso de aparelho pode ser bom ou mau, num aspecto físico e psicológico. Pode ser bom se o trompista for paciente e calmo, e quando deixa de usar aparelho, tem uma embocadura perfeita e tem facilidade em atacar as notas. Pode ser mau, porque pode ficar bastante angustiado, levando-se ao desespero e pode causar problemas físicos de maior intensidade.
Um trompista com os dentes perfeitos, pode ter facilidade em certos aspectos, notas ou registos na Trompa, mas também pode ter dificuldade noutros. Outro trompista, este com os dentes não tão perfeitos, pode ter facilidade em aspectos que o trompista acima referido, não tem.
Ainda há pouco tempo estava na aula de Trompa a tocar a escala de Fa#m, quando o meu professor, Ricardo Matosinhos, reparou que no registo grave vertia muito ar do lado direito da embocadura. Na altura não percebi porquê, mas em casa a estudar apercebi-me que poderia ser do aparelho dos dentes de cima. Isto porque devido ao tamanho dos “brackets”, os lábios ficam um pouco para fora, por isso quando toco notas graves sem fazer força alguma, verte um pouco de ar. Não sei porquê que verte mais do lado direito, por isso vou analisar o caso fazendo experiências e tentar descobrir. De momento acho que é o único problema que tenho usando parte do aparelho, mas penso que quando tirar vou ficar com uma embocadura muito melhor e com mais resistência.
Não posso deixar de mencionar aqui o nome dos meus pais, que foram bastante atenciosos para comigo, e também o dentista que frequento, Jorge Carneiro, que deu sugestões e está a tentar solucionar o meu problema através do seu estudo, para não prejudicar a minha vida musical.
Espero que este artigo ajude os trompistas, e não só, que estão em dúvida em relação ao uso de aparelho. Depois de saberem as vantagens e as desvantagens do uso de aparelho, espero que escolham o melhor para vocês.


Para mais informações contactar:

Clínica de Medicina Dentária de Sobreira:
Telefone: 22 433 04 01

O meu Telemóvel: 93 385 12 73



_______________
Um Abraço;
Cláudio Moreira
Última edição por Cláudio Moreira em 21 jun 2005, 16:30, editado 3 vezes no total.

Avatar do Utilizador
rmatosinhos
Administrador do Site
Administrador do Site
Mensagens: 1595
Registado: 23 dez 2004, 18:22
Localização: Ermesinde
Contacto:

Mensagem por rmatosinhos » 10 jan 2005, 11:43

Obrigado pela tua contribuição. Decerto que vai ajudar muitos trompistas (ou mesmo outros instrumentistas)

Para mim essa é a maior dificuldade da trompa: Tocar trompa é fácil, desde que uma pessoa estude. Agora o verdadeirro problema surge quando por algum motivo, mesmo com estudo intensivo, um aluno encontra obstáculos (sejam eles causados por aperelho de correcção dentária ou não). Essa sim é a verdadeira dificulade do estudo da trompa: Saber que vai haver dias melhores e piores, e no meio dos piores, conseguir arranjar motivação para continuar.
Tens motivação que chegue, com o tempo serás recompensado.

Um Abraço
Ricardo Matosinhos
Administrador do Forum

Avatar do Utilizador
Cláudio Moreira
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 9
Registado: 10 jan 2005, 11:15
Localização: Sobreira-Paredes/Porto
Contacto:

Mensagem por Cláudio Moreira » 15 jan 2005, 11:30

Acho que já sei porque é que usando aparelho de lado, verto mais ar do lado direito que do lado esquerdo, executando notas graves. O arame que une os “brackets”, está um pouco para fora do lado direito, por isso ao encostar o bocal nos lábios, a parte direita do lábio superior, fica mais para fora que do lado esquerdo, talvez por isso verta mais ar do lado direito. Mas como disse, o problema é do arame, por isso não há nada como dizer ao dentista para por o arame mais encostado ás gengivas.
Estes são problemas temporais, dependendo da posição do arame, por isso não há muita preocupação. Apenas é um pouco incomodativo estar a estudar, ou a tocar num concerto e ouvir um certo ruído. Mas não há preocupações, porque a uns metros de distância nada se ouve. Os “grandes” Trompistas, também têm problemas assim como ruídos, por isso há que corrigir os nosso erros, analisando os nossos erros e os dos outros Trompistas para podermos ser assim “perfeitos”, o que é difícil ou quase impossível, porque nem os “grandes” o conseguem ser.


_______________
Um Abraço;
Cláudio Moreira

Avatar do Utilizador
Cláudio Moreira
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 9
Registado: 10 jan 2005, 11:15
Localização: Sobreira-Paredes/Porto
Contacto:

Mensagem por Cláudio Moreira » 04 out 2005, 22:29

Escrevo isto só para saberem como é a vida de um instrumentista k usa aparelho. Durante uns dias passei momentos um pouco maus. :( estou a usar um "bracket" num dente da frente. no princípio parecia complicado, mas agora abituei-me e lá consigo. o k vale é k é só +/- 20 dias. A resistência é fraca, mas lá me ajeito. Está a ajudar-me bastante, porque tou a conseguir dar notas no registo agudo, sem fazer muita força. Espero k kuando tirar o "bracket", esteja em boa forma. É o mais provável k aconteça. Dar notas agudas sem muito esforço e com mais facilidade.
Afinal usar aparelho não é assim tão mau, sempre ajuda em alguns aspectos.
Espero ter sorte.

Um abraço
Cláudio Moreira

Avatar do Utilizador
rmatosinhos
Administrador do Site
Administrador do Site
Mensagens: 1595
Registado: 23 dez 2004, 18:22
Localização: Ermesinde
Contacto:

Mensagem por rmatosinhos » 14 out 2005, 21:00

Agudo, grave... isso não está no aparelho, mas sim na força de vontade, que sei que tens. :)

Continua... já falta pouco... :yawinkle:
Ricardo Matosinhos
Administrador do Forum

Avatar do Utilizador
Cláudio Moreira
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 9
Registado: 10 jan 2005, 11:15
Localização: Sobreira-Paredes/Porto
Contacto:

Mensagem por Cláudio Moreira » 08 mai 2006, 00:22

Olá a todos.........
O dentista bem m diss k era +/- 20 dias..................mas já passaram kuase 5 meses e eu inda continuo com um braket num dos dents da frent....tá a custar 1 pouco mas ja tou kuase na fase final.........
eu vou ser sincero e vou dizer k ate agora gostei mt da experiência DE USAR APARELHO....claro k no inicio é mt mau mas agora k tou proximo da fase final sei o kuanto custou mas tb sei k aprendi mt com isto....basta ter calma k tudo s resolve....msm mt calma pk ja ando assim ha DOIS ANOS e nunca desesperei....claro k no inicio era uma dor mt fort mas com o tempo aprendi a viver com isto....(so espero k o dentista n s lembre e m ponha mais coisas nos dents....)
Se algum dia estiverem com duvidas em relação ao uso de aparelho....dou-vos a minha opinião....USEM pois aprenderao mt com isso....


um abraço,
______________
Cláudio Moreira

Avatar do Utilizador
rmatosinhos
Administrador do Site
Administrador do Site
Mensagens: 1595
Registado: 23 dez 2004, 18:22
Localização: Ermesinde
Contacto:

Mensagem por rmatosinhos » 08 mai 2006, 09:40

Pois... é normal...

um ortodentista faz uma avaliação tendo en contra uma pessoa "normal", que apenas precise dos dentes para mastigar e "dar duas de conversa". Esquecem-se que o aparelho num trompista é algo completamente diferente.

Existem pressões que em condições normais não existiriam e na maior parte das vezes no sentido oposto da presão do aparelho.

Mas, se o martirio está quase acabar, desejo-te tudo de bom, confiante que te vais sentir muito melhor assim que tirares o aparelho.
Ricardo Matosinhos
Administrador do Forum

Avatar do Utilizador
rmatosinhos
Administrador do Site
Administrador do Site
Mensagens: 1595
Registado: 23 dez 2004, 18:22
Localização: Ermesinde
Contacto:

Re: Aparelho Dentário vs Trompa

Mensagem por rmatosinhos » 15 mar 2008, 11:36

Encontrei um site que vende um livro com informações sobre tocar um instrumentos de metal e usar aparelho...

http://www.bracesandbrass.com/
Ricardo Matosinhos
Administrador do Forum

Rafa_Porto
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 2
Registado: 31 mai 2009, 15:04

Re: Aparelho Dentário vs Trompa

Mensagem por Rafa_Porto » 01 jul 2009, 01:32

Olá. Quando estava no meu 2º grau no conservatório do Porto tive esse dilema de pôr ou não pôr aparelho..
O meu dentista disse-me que já tinha tido doentes que tocavam instrumentos de bocal e tinham conseguido.. Fiquei um bocado indeciso mas acabei por pôr pois a posição dos meus dentes(tortos) afectava a posição do bocal..
Ao início custou muito a habituar-me mas com alguma persistência consegui passado +\- um ano ficar no mesmo ponto em que estava a tocar antes de pôr o aparelho..
O que me ajudou bastante foram umas caixas de silicone que o meu dentista me dava, que serviam para pôr nos arames se estes magoassem os lábios, e que eu comecei a pôr antes de tocar na parte da frente dos dentes onde o bocal faz mais pressão.. Com um bocado de 'jeito' consegui pôr o silicone de maneira a cobrir o arame e a ficar +\- redondo para assim não me aleijar os lábios.. Ao fim de algum tempo conseguia fazer isto em 2 minutos e ajudava-me muito..
Estive com o aparelho durante 3 anos e meio.. Claro que o som NUNCA foi , durante os três anos, o que era. Mas quando tirei o aparelho(a meio do 5º grau) o som começou a melhorar bastante e demorei +\- dois meses para me voltar a habituar a tocar sem aparelho..
No fim de tudo acho que o melhor é usar o aparelho no início quando já se toca alguma coisa apesar de atrapalhar muito.. Mas mesmo assim notei que após o ter tirado a minha capacidade de tirar agudos e graves e a minha flexibilidade se tornou muito maior pois aprendi a tocar fazendo o menos possível de pressão nos lábios principalmente no lábio de cima..
Neste momento passei para o 7º grau..
O silicone que eu usava vende-se nas farmácias(alguns médicos dentistas não oferecem)..
Espero que a minha opinião vos ajude..
Cumprimentos
Rafael Nunes

Pedro Martins
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 2
Registado: 17 abr 2010, 12:56

Re: Aparelho Dentário vs Trompa

Mensagem por Pedro Martins » 17 abr 2010, 13:44

ola. eu toco à quase doisa anos e em setembro do ano passado foi colocada a hipotese de meter aparelho. eu sempre quis ter os dentes direitos e a ideia agradou me, o problema foi com a trompa, pensei e pensei, falei com o meu professor "Ricardo Matosinhos" e ele disse me que conhecia um dentista que tinha especialidade em musicos desde ai passou a ser o meu dentista habitual, apos meter o aparelho quando cheguei a casa, ansioso mas com receio, toquei e entao é que foi, imaginem so um Do central ser demasiado agudo para mim, durante as minhas aulas eu fui estabelecendo metas e usei um metodo chamado "Braces & Bras", este metodo pretendia ajudar-me a tocar vendo a minha evoluçao ate que consegui que as minhas notas mais agudas fossem entre o fa e o la 3.
apos umas consultas no dentista "Miguel Pais Clemente", ele disse que poderia ajudar me inventando uma especie de proteçao para a boca e assim foi, resultou quase na perfeiçao, o meu som melhorou, o meu registo tambem conseguindo dar notas mais agudas, demorei 2 semanas a habituar me à proteçao e pronto. em relaçao à resistencia é nao melhorou muito, se tocar muito tempo seguido canso-me rapidamente, se abusar tambem fico "todo roto", mas que vale a pena colocar aparelho, sim vale.
queria referir tambem que antes de colocar a proteçao usei um aparelhoa para tentar diminuir a pressao que fazia, tambem ajudou bastante para obter melhor qualidade sonora e mais notas agudas.
com a poteçao que pus notasse que nao é como se nao tivesse aparelho mas que melhorou muito, isso sim melhorou
é preciso é ter calma, nao abusar depois de meter o aparelho, e enfrentar os problemas

Viril
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 14
Registado: 31 dez 2009, 12:20

Re: Aparelho Dentário vs Trompa

Mensagem por Viril » 17 abr 2010, 17:43

eu usei aparelho durante 1 ano, e não tive qualquer problema!!

leandroherbert
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 9
Registado: 01 mar 2010, 14:40

Re: Aparelho Dentário vs Trompa

Mensagem por leandroherbert » 18 abr 2010, 18:56

Coloquei o aparelho porque realmente precisei. Usei durante 2 anos e perdi quase que totalmente a embocadura de 8 anos de estudo.
Faz um ano que tirei e agora que estou conseguindo recuperar minha embocadura.

helton_oliveira
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 1
Registado: 22 abr 2010, 14:47

Aparelho Dentário vs Trompa

Mensagem por helton_oliveira » 23 abr 2010, 13:24

bom dia Galera do forum ? bem sobre esse questão de aparelho , tb estou querendo colocar .
andei fazendo uma pesquisa sobre aparelhos ele é chamado "Invisalign ", ele se adaptar com o nosso perfil de musico muito bom e pratico . ire fazer um consuta com o meu Ortodontista .
segui o link abaixo do tipo de aparelho.


http://aparelhosdentarios.com/invisalig ... -invisivel

Avatar do Utilizador
Tânia Vargas
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 3
Registado: 14 mar 2012, 13:09
Localização: Coimbra

Re: Aparelho Dentário vs Trompa

Mensagem por Tânia Vargas » 14 mar 2012, 13:18

Ola :)

Já tinha estado inscrita no forum, mas como desactivei o meu antigo e-mail, acabei por deixar de frequentar... Agora estou de volta ;)
Em relação a este tópico, estive a ler e estou algo indecisa em colocar aparelho dentário. Toco trompa há cerca de 12 anos e irei colocar aparelho... a minha dúvida é: de que forma isso afectará a minha prática na trompa? Vou deixar de "saber tocar"? Há alguma forma de minimizar a dor dos lábios a bater no aparelho e bocal? (vi que falaram numa espécie de protecção...). Estou bastante preocupada, pois embora colocar aparelho seja algo que queira muito, não me consigo a imaginar estar sem a trompa... Ainda por cima, devido a compromissos profissionais, ultimamente só tenho tido oportunidade de tocar de mês a mês (quando me desloco à banda filarmónica). Teria de voltar a estudar tudo de novo, certo?
Peço desculpa por tantas perguntas, mas isto está a dar-me volta à cabeça ](*,)
Obrigada!
A música é capaz de reproduzir, em sua forma real, a dor que dilacera a alma e o sorriso que inebria - Beethoven

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Yahoo [Bot] e 1 visitante